Foco em ações sociais

Foco em ações sociais

Amizade aos familiares e a união pelo mesmo motivo é o que impulsiona Marta a ajudar (Juliano Mendes/A Razão)

Amizade aos familiares e a união pelo mesmo motivo é o que impulsiona Marta a ajudar (Juliano Mendes/A Razão)

Em meio à luta por justiça e ao combate a impunidade é que pais de vítimas do acontecido no dia 27 de janeiro de 2013 uniram-se para ajudar o próximo. A iniciativa surgiu logo depois da criação da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM).
Desde então, alimentos não perecíveis são arrecadados todos os meses para ajudar os familiares das vítimas que estejam passando necessidades, o que também é uma forma de acolhimento e união.

Uma das coordenadoras da ação é a aposentada Marta Beuren, 63 anos. Ela é uma das mães que perdeu seu filho, Silvio Junior, de 31 anos, conhecido como Silvinho.

“O primeiro momento foi um choque e muitas pessoas ficaram bloqueadas, tão traumatizadas que não conseguiam nem trabalhar, além ficar sem o ente querido, perderam a ajuda financeira deles”, contou.

Os mantimentos são fruto de doações de anônimos e de um supermercado da cidade. A primeira grande arrecadação foi feita no final de julho, quando os pais das vítimas realizaram na Praça Saldanha Marinho uma campanha do agasalho. Cada um se desfez de uma peça de roupa do seu filho para dar a famílias necessitadas. Enquanto familiares doavam roupas, anônimos iam deixando alimentos não perecíveis.
“No início, eram cerca de 30 famílias, hoje, duas já não estão mais precisando, outras já conseguiram voltar a trabalhar, mas, mesmo assim, a situação é de fragilidade econômica”, disse.

Para este ano, a ideia é continuar ajudando conforme a necessidade de cada uma. “Percebi que essa forma de trabalhar, ajudar, correr atrás, sair um pouco de mim – toda essa mobilização – fez muito bem, me ajudou a ir renascendo e continuar a buscar o caminho da vida”, afirmou.
Os interessados em fazer doações podem levar até a sede da AVTSM que fica localizada na Rua Floriano Peixoto, 1184, sala 601. Centro de Santa Maria. Mais informações pelo telefone: (55) 9216.1818.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal A Razão; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*


2 + 1 =

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>