Aguarde...
ENVIAR POR E-MAIL

COLUNISTAS

Mediunidade, a ponte do bem

Jorge Brandão

por Jorge Brandão em 22/02/2017

Compartilhar:

Mais opções

Diariamente retornam à pátria espiritual mais de cem mil despejados do corpo físico, apresentando muitas vezes lamentável aspecto de perturbação. São irmãos, que ainda presos às ilusões terrenas, não dando conta da sua condição de desencarnados, tornam-se inacessíveis aos apelos e à assistência da espiritualidade superior.

Quando encaminhados aos grupos de trabalhadores do bem, nas reuniões mediúnicas das casas espíritas, muitos deles recebem vibrações amorosas e esclarecimentos. Ao entrarem em contato com o corpo físico do médium (choque anímico), têm, na maioria das vezes, a oportunidade de perceber que perderam a roupagem física, são esclarecidos, podendo então ser encaminhados a colônias de apoio e recuperação no plano espiritual.

E assim a mediunidade com Jesus auxilia esta travessia, sendo uma grande ponte do bem.
Entre os principais tipos de mediunidade conhecidas podemos citar algumas como:

- A intuitiva, presente em maior ou menor grau em praticamente todos nós, especialmente nas mulheres, onde o médium é intuído com mais ou menos intensidade.

- A vidência, em que o médium visualiza espíritos ou cenas. Pode ser parcial ou total, muitas vezes sujeita a erros de interpretação.

- A clariaudiência, em que o médium ouve vozes como se fosse claramente uma pessoa falando.
- A psicofonia, em que o espírito fala através do médium utilizando as suas cordas vocais. Pode ser semiconsciente ou inconsciente.

- A psicografia, a mais produtiva, em que o espírito escreve através da mão do médium. Pode ser semimecânica ou totalmente mecânica, como era o caso de Chico Xavier.

- Mediunidade de transporte, em que o médium se desloca durante o sono e vai a outros locais. Pode ocorrer desdobramento, onde ele se torna então visível.

- Mediunidade de cura, em que o médium movimenta fluidos de cura com assistência de espíritos com grande aptidão na área da saúde.

- Mediunidade de efeitos físicos , quando objetos são deslocados ou há materializações de objetos ou mesmo espíritos por condensação de ectoplasma.

Existem ainda outros tipos de mediunidade, que podem ser estudados em livros, como: Livro dos Médiuns de Alan Kardec; Mecanismos da mediunidade e Domínios da mediunidade de André Luiz psicografados por Francisco Candido Xavier; e Mediunidade Caminho para ser Feliz de Suely Caldas Shubert, entre outras excelentes obras espíritas.

A mediunidade bem compreendida é sempre uma valiosa oportunidade de servir ao próximo, evoluir, quitar débitos pretéritos e pacificar a si mesmo.

Jorge Brandão

Comentários

Participe enviando seu comentário sobre a notícia