Aguarde...
ENVIAR POR E-MAIL

Geral

Concurso para o HUSM será feito por instituto do Paraná

por A Razão em 04/02/2014 13:02

Compartilhar:

Mais opções

Provas da seleção de mais de 700 funcionários para o hospital serão aplicadas pelo Instituto AOCP, do Paraná

EBSERH deve selecionar médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e pessoal para área administrativa (Foto Arquivo/A Razão)

O Instituto AOCP, do Paraná, será a banca responsável pelo concurso público para contratação de novos funcionários para o Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM). O nome da instituição que fará as provas foi publicado ontem no Diário Oficial da União.

No final de 2013, após um longo e polêmico processo que envolveu a reitoria e os sindicatos de técnico-administrativos e professores da UFSM, o HUSM mudou de gestão. A administração passou das mãos da universidade para a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), criada em 2011 pelo governo federal para administrar hospitais de ensino no país.

Ainda neste primeiro semestre, a EBSERH deve contratar 708 profissionais para o HUSM. Cerca de 400 vagas serão para médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. Haverá vagas também para a área administrativa.

O quantitativo de pessoal será distribuído em três editais: um para a Área Médica, com total de até 231 vagas; um para a Área Assistencial, com total de até 403 vagas; e um para a Área Administrativa, com total de até 74 vagas. Haverá vagas pra cadastro reserva. Com sede em Maringá, o Instituto AOCP fará o concurso público em duas fases. A primeira, com prova objetiva de múltipla escolha (de caráter eliminatório e classificatório). A segunda fase constará de avaliação curricular de títulos (de caráter exclusivamente classificatório). O instituto também foi selecionado pela EBSERH para organizar o concurso público nos hospitais universitários de Brasília, do Maranhão, do Piauí, e do Triângulo Mineiro.

Perfil de cargos - Após a assinatura do contrato, a EBSERH, em conjunto com as superintendências dos hospitais, trabalhará na definição dos perfis dos cargos e número de vagas que serão oferecidas. Os editais com as regras dos concursos serão publicados ainda em fevereiro. Com o ingresso dos aprovados, será possível criar novos leitos e reativar leitos atualmente sem uso, em função da falta de profissionais. A recomposição do quadro de pessoal é uma das medidas dos planos de reestruturação dos hospitais propostos pela EBSERH às universidades durante a adesão à empresa.

Comentários

Participe enviando seu comentário sobre a notícia