Aguarde...
ENVIAR POR E-MAIL

Política

4,3 mil pontos de luz reestabelecidos

Eon pretende atender protocolos em até 72 horas e, a partir de fevereiro, quer reduzir para até 48 horas

por A Razão em 05/01/2017 20:15

Compartilhar:

Mais opções

Em média, 70 pontos de iluminação são atendidos por dia pela Eon Energia e Iluminação, desde 20 de outubro (Maiquel Rosauro / Especial / A Razão)
Em média, 70 pontos de iluminação são atendidos por dia pela Eon Energia e Iluminação, desde 20 de outubro (Maiquel Rosauro / Especial / A Razão)

Quando venceu o processo para realizar a manutenção da iluminação pública de Santa Maria, na gestão anterior, a Eon Energia e Iluminação Ltda, recebeu um documento da administração municipal para reparar 3,5 mil pontos de luz na cidade. O serviço começou em 20 de outubro do ano passado e até essa quarta-feira (4), a empresa reestabeleceu 4.320 pontos de iluminação pública.

Segundo o sócio proprietário da Eon, engenheiro Gilmar Piovezan, a demanda passada pela antiga Administração Municipal estava defasada. A atual gestão diz que diz que a expectativa é que até o mês de março todos os pontos de iluminação da cidade sejam atendidos e recuperados.

Piovezan pontua que toda vez que uma equipe se deslocava para realizar a manutenção de um ponto, fazia uma ronda por toda a rua para averiguar a situação das lâmpadas. São seis equipes que prestam o serviço, sendo duas de manhã, duas à tarde e duas à noite. “As principais rondas são à noite, que é quando podemos verificar se a iluminação está funcionando”, observa.

O engenheiro lembra que Santa Maria ficou um período sem empresa responsável pelo serviço de manutenção da iluminação pública. Mas agora, após reparar parte da demanda reprimida, ele acredita que será possível atender os novos protocolos em até 72 horas. Piovezan ainda salienta que a ideia da Eon é fazer os atendimentos em até 48 horas a partir de fevereiro.

REPARO DE LÂMPADAS

O procurador da empresa, Dinei Faller, esclarece que a Eon é responsável pela manutenção das lâmpadas e do sistema que permite a iluminação do ponto (como célula fotoelétrica, reator e afins). A criação de um novo ponto de luz é de responsabilidade da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos.

Ele explica a empresa recebe pedidos para novos pontos, mas eles não têm permissão para isto. “Nós somos terceirizados e nosso contrato é apenas para manutenção. Nós não temos este poder de fazer novos pontos. As pessoas acham que como tem o poste na frente de casa é só a empresa chegar e colocar a luminária”, comenta.

POR DIA

O supervisor operacional da Eon, Sandro Machado, diz que foram efetuados reparos em dezembro, em média de, 70 pontos de iluminação, diariamente, e eram registrados aproximadamente 40 protocolos por dia. Agora, nos primeiros dias de janeiro, o número de protocolos reduziu para 30 registros por dia, mas o trabalho segue na média de 70 pontos.

COMO PROTOCOLAR

Os santa-marienses podem utilizar dois canais para protocolar pedidos de manutenção, no Call Center da Prefeitura, pelo telefone 3222-0733, das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30. Ou direto com a Eon Energia e Iluminação Ltda, pelo número 3222-5037, em horário comercial. Os pedidos são cadastrados em um sistema interligado, portanto, não importa se o registro é feito na Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos ou na empresa.

Comentários

Participe enviando seu comentário sobre a notícia