Aguarde...
ENVIAR POR E-MAIL

Política

Sartori promete mais asfalto a prefeitos

Em programa de rádio do PIRATINI, governador falou em união com os municípios para o Estado voltar a crescer

por A Razão em 09/01/2017 08:53

Compartilhar:

Mais opções

Governador José Ivo Sartori diz que estará à disposição dos novos prefeitos para o enfrentamento da crise (Foto: Gabriel Haesbaert / A Razão)
Governador José Ivo Sartori diz que estará à disposição dos novos prefeitos para o enfrentamento da crise (Foto: Gabriel Haesbaert / A Razão)

O governador José Ivo Sartori (PMDB) prometeu, no sábado, trabalhar para concretizar uma demanda antiga dos municípios: os acessos asfálticos. A promessa foi feita no primeiro Governo e a Comunidade 2017, programa semanal do governo do Estado produzido pela Rádio Web Piratini e distribuído às emissoras de rádio gaúchas em uma parceria entre a Secretaria de Comunicação e a Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão (Agert).

Sartori lembrou que no ano passado foram entregues seis trechos (nenhum deles na região Centro) e garantiu que em 2017 mais 22 acessos serão concluídos. Ele não citou quais regiões serão beneficiadas.

Nos cinco minutos de duração do programa, o governador comentou sobre as dificuldades e os desafios dos prefeitos que assumiram no dia 1º de janeiro. “Todos os gestores públicos estão sofrendo os efeitos da crise econômica. Sabemos que isso é difícil, desafiador”, disse, informando que pretende ter uma boa relação com os chefes de Executivo para superar o momento.

“Estamos à disposição dos novos prefeitos para que o Rio Grande volte a crescer num esforço conjunto e coletivo”, afirmou Sartori.

O governador falou ainda sobre o Plano de Modernização do Estado (PME), que prevê, entre outras medidas, a reestruturação administrativa, incluindo a extinção de Fundações. Algumas dessas medidas já foram aprovadas pela Assembleia Legislativa e são alvos de protestos e ações judiciais.

IPVA

O governo anunciou ainda que com a quitação antecipada do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), os cofres do Estado arrecadaram mais de R$ 700 milhões.

Metade desse montante é repassada aos municípios onde os veículos são licenciados. “Para o Estado, esse recurso ajuda inclusive para o pagamento da folha, que foi quitada na última quarta-feira, antes de concluir a primeira semana de janeiro”, disse Sartori.

Comentários

Participe enviando seu comentário sobre a notícia