Aguarde...
ENVIAR POR E-MAIL

Política

Ato do governador devolve cargo a delegado Regional de Saúde em Santa Maria

Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (16) traz a nomeação de dentista demitido no passado para delegado substituto

por Fabricio Minussi e José Mauro Batista em 16/02/2017 10:37

Compartilhar:

Mais opções

Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (16) traz a nomeação de dentista demitido no passado para delegado substituto - Foto: Arquivo / A Razão
Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (16) traz a nomeação de dentista demitido no passado para delegado substituto - Foto: Arquivo / A Razão
Em outubro do ano passado o cirurgião-dentista Moacir da Rosa Alves foi surpreendido com sua exoneração do cargo de delegado regional adjunto da 4ª Coordenadoria Regional de Saúde. Pouco menos de quatro meses da demissão, outra surpresa: no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira, consta a nomeação de Moacir como delegado regional substituto. O ato é assinado pelo governador José Ivo Sartori (PMDB).
 
Procurado pela reportagem de A Razão, na manhã desta quinta-feira, Moacir disse que a sua nomeação é um processo natural, quando são nomeados o titular e o adjunto da delegacia. "Mas um ano depois. Isso tinha que ter acontecido em maio do ano passado. Agora é uma ordem do governo e ordem do governador se cumpre", disparou.
 
No entanto, Moacir disse que a publicação do edital com a sua nomeação nesta quinta-feitam seria um erro da Casa Civil. "Fiquei sabendo da minha nomeação da mesma forma que soube da minha exoneração, pelo Diário Oficial do Estado. Entendo que essa é uma respota, mesma que tardia, do respaldo que tivemos dos servidores da coordenadoria e dos gestores regionais da saúde, pelo trabalho que realizamos, quando exercemos a titularidade do posto", concluiu Moacir.
 
 
"Pode ter sido fruto do abaixo-assinado encaminhado no ano passado pedindo ao governo do Estado que eu fosse mantido no cargo. Servidores e pacientes do SUS querem que eu continue", diz Moacir, que usa o codinome político Dr. Moacir.
 

No ato publicado nesta quarta-feira, o texto é claro: "O governador do Estado, José Ivo Sartori, nomeia Moacir da Rosa Alves, lotado na Secretaria da Saúde para exercer, em caráter de substituição, o cargo em comissão de delegado regional nos impedimentos legais e eventuais do titular Roberto Leopoldo Schorn.

PROBLEMA POLÍTICO

A demissão de Moacir foi publicada no site de A Razão de 20 de outubro do ano passado e na edição impressa do jornal no dia seguinte. Na época, Moacir atribuiu sua exoneração a uma articulação política do presidente do PSD local, Ramiro Dutra, e ao vereador eleito pela sigla Marion Mortari, por questões eleitorais referentes ao primeiro turno das eleições para prefeito. É que Moacir, mesmo sendo filiado ao PSD, partido pelo qual tentou se candidatar à Prefeitura, não apoiou o ex-deputado Fabiano Pereira (PSB), candidato apoiado pela legenda. Ele apoiou desde o primeiro turno a campanha do atual prefeito, Jorge Pozzobom (PSDB). Moacir também não teria apoiado a candidatura de Mortari à vereança. Isso teria sido a gota d´água para a direção municipal do PSD pedir a substituição do então delegado substituto de Saúde.
 
 
"Não fui avisado nem pelo PSD, nem pelo Gabinete do Vice-Governador, nem pela Secretaria de Saúde", disse Moacir, à época, em um desabafo postado no Facebook. O dentista estava no cargo desde fevereiro de 2015 e por um período assumiu interinamente a titularidade com a saída da antiga titular, Lenir Pires da Rosa. Na época o presidente do PSD de Santa Maria, Ramiro Dutra, disse que a exoneração partiu do Gabinete do vice-governador José Paulo Cairoli, que preside o PSD no Rio Grande do Sul.
 
Ramiro Dutra soube por A Razão na manhã desta quinta-feira da nomeção, via Diário Oficial do Estado, de Moacir para o cargo de delegado substituto. "Para mim é novidade. Ninguém havia me informado sobre isso. Não esperava, estou surpreso. Mas como ele não faz mais parte do nosso partido, que seja feliz", disse o presidente do PSD, que detem a indicação do cargo de delegado regional adjunto, ocupado por Marilisa a Rosa. No entanto, Moacir dise que segue filiado ao PSD, mas que já recebeu convite para filliar-se ao DEM.
  
A reportagem tentou várias vezes contato por telefone na manhã e início da tarde desta quinta-feira,  para repercutir a informação junto ao delegado Regional de Saúde, Roberto Schorn (PMDB), mas ele não atendeu as ligações. De acordo com informações da 4ª Coordenadoria Regional de Saúde, ele estaria em agenda nesta quinta-feira, em Porto Alegre.

SERIA ERRO?

Outra hipótese para a nova nomeação de Moacir é que possa ter ocorrido um erro. Ou seja, a data em que ele assumiu no ano passado coincide com a data da nova nomeação. Poderia a Casa Civil ou outro órgão do governo do Estado, responsável pelo Diário Oficial, ter publicado a nomeação anterior com um ano de atraso.

Comentários

Participe enviando seu comentário sobre a notícia