Aguarde...
ENVIAR POR E-MAIL

Política

Solução para a Rua 7 está a caminho

Prefeitura e Dnit fazem acordo para evitar construção de muro determinado pela Justiça Federal

por A Razão em 18/02/2017 10:12

Compartilhar:

Mais opções

Prefeito Jorge Pozzobom recebeu representante do Dnit nessa sexta-feira (Foto: Roni Riet / Divulgação / A Razão)
Prefeito Jorge Pozzobom recebeu representante do Dnit nessa sexta-feira (Foto: Roni Riet / Divulgação / A Razão)

A polêmica em torno da determinação judicial para o fechamento da Rua 7 de Setembro, no Bairro Perpétuo Socorro, pode estar perto de uma solução. O impasse, que se tornou um problema político, poderá resolvido mediante uma solução conjunta entre a Prefeitura de Santa Maria e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

O Município se comprometeu a elaborar um plano de segurança para o local e o Dnit anunciou que pedirá a suspensão do processo que exige a construção de um muro para impedir a passagem de veículos. O acordo foi discutido nessa sexta-feira entre o prefeito Jorge Pozzobom (PSDB) e o superintendente regional do Dnit, Hiratan Pinheiro da Silva.

A vinda de Hiratan a Santa Maria foi articulada na quarta-feira, quando o prefeito fez sua primeira viagem oficial a Brasília. Na edição de quinta-feira, A Razão noticiou que esse seria um dos principais assuntos da agenda de Pozzobom na capital federal.

A urgência de uma solução para o impasse da Rua 7 se deve a uma nova determinação da Justiça Federal de Santa Maria, que em 28 de janeiro deste ano, reiterou que a Prefeitura deverá construir um muro para bloquear a passagem de veículos, isolando os trilhos que cortam a via. A primeira decisão é de 2015 e foi noticiada por A Razão.

“Se a questão é de Segurança, nós resolveremos. Buscaremos uma solução para isso. O nosso governo não vai se omitir”, garantiu Pozzobom no encontro com o representante do Dnit. A Prefeitura vai encaminhar uma proposta com alternativas de segurança sem a construção do muro como condição para o Dnit pedir a suspensão do processo em Brasília.

Para se ter uma ideia da importância do cruzamento da Rua 7 com a Manoel Ribas, que liga o Centro com a zona Norte da cidde, mais de 20 mil pessoas passam pelo local todos os dias. Ainda segundo a Superintendência de Comunicação da Prefeitura, a via é trajeto de 200 linhas de ônibus, conforme dados fornecidos pela Associação dos Transportadores Urbanos de Passageiros (ATU).

Por ser um problema que exige uma solução urgente, até mesmo a Travessia Urbana (duplicação de rodovias federais) ficou em segundo plano na conversa entre o prefeito e o representante do Dnit.

O X DO PROBLEMA

A Justiça Federal determinou o fechamento da Rua 7 com base em um convênio firmado em 2004, no governo do então prefeito Valdeci Oliveira (PT), para a construção do Viaduto da Gare, concluído em 2013. A contrapartida do Município, pelo convênio, era o fechamento da Rua 7, via que cruz os trilhos da malha ferroviária no município.

Comentários

Participe enviando seu comentário sobre a notícia