Aguarde...
ENVIAR POR E-MAIL

Cultura

Jornalista Marcelo Canellas será patrono da Feira do Livro 2017

Organizadores também divulgaram, nesta segunda-feira (20), os nomes dos homenageados do evento

por Fabricio Minussi - Especial em 20/02/2017 12:14

Compartilhar:

Mais opções

Organização do evento também divulgou, nesta segunda-feira (20), os nomes dos homenageados do evento - Foto: Divulgação
Organização do evento também divulgou, nesta segunda-feira (20), os nomes dos homenageados do evento - Foto: Divulgação

O maior encontro literário de Santa Maria, a ser realizado de 29 de abril a 14 de maio, na Praça Saldanha Marinho, já definiu seus homenageados. A Comissão Organizadora da Feira do Livro divulgou, na manhã desta segunda-feira (20) o patrono, professor homenageado e homenagem póstuma da edição 2017.

O patrono da Feira do Livro de Santa Maria 2017 é Marcelo Canellas. Natural de Passo Fundo, o jornalista veio morar em Santa Maria ainda criança e adotou a cidade como sua. Na Universidade Federal concluiu o curso de Jornalismo, em 1987. Atuou como repórter no jornal A Razão e trabalhou na RBSTV Santa Maria. Após, esteve na EPTV Ribeirão, de Ribeirão Preto (SP). A partir de 1990 tornou-se repórter especial da TV Globo. Na emissora, Marcelo Canellas trabalha no núcleo de reportagens especiais da revista eletrônica “Fantástico”, produzindo matérias com temas ligados aos direitos sociais e direitos humanos. Foi cronista do jornal Diário de Santa Maria, durante 14 anos, onde publicou mais de 700 crônicas. Como resultado deste trabalho, Canellas publicou, em 2013, o livro “Províncias – crônicas da alma interiorana”.

José Eduardo Escobar Nogueira é o professor homenageado desta edição. Natural de Fortaleza dos Valos (antigo distrito de Cruz Alta), Escobar viveu no município até completar 12 anos. Mais tarde, concluiu graduação em Jornalismo e tornou-se professor de Literatura, profissão que exerce há 27 anos. Poeta reconhecido no meio artístico, foi indicado ao Prêmio Açorianos em duas edições pelas obras Milongol (2003) e Pejuçara (2007). Além destes, suas obras de maior destaque literário são O meu primeiro milagre, Curta-metragem e Borges vai ao cinema com Maria Kodama.

O escritor homenageado da Feira do Livro 2017 será Edmundo Cardoso. Santa-mariense, atuou no cenário cultural da cidade durante toda sua vida, até falecer em dezembro de 2002, aos 85 anos. Fundou a Escola de Teatro Leopoldo Fróes Clube de Cinema de Santa Maria, primeiro cineclube da cidade. Durante anos assinou uma coluna no jornal A Razão e publicou livros. Foi patrono da Feira do Livro de Santa Maria em 2001. Em 2017 comemora-se o centenário de seu nascimento.

A Feira do Livro de Santa Maria é realizada das 13h às 21h, exceto aos sábados, quando inicia às 10h. É uma realização da Prefeitura Municipal, Câmara do Livro, CESMA, UFSM, Centro Universitário Franciscano e 8ª Coordenadoria Regional de Educação, com apoio do SESI-RS.

 Texto: Ana Bittencourt (Mtb 14.265)
*Com informações da Assessoria de Imprensa da Feira do Livro
Foto: Divulgação (arte de Robson Lima)

Comentários

Participe enviando seu comentário sobre a notícia