Aguarde...
ENVIAR POR E-MAIL

Geral

Prefeitura apoia apuração sobre cirurgia de filho de vereador

Se procedimento não respeitou critérios dos serviços de regulação, deve ser apurado, diz nota oficial

por A Razão em 24/02/2017 10:19

Compartilhar:

Mais opções

Se procedimento não respeitou critérios dos serviços de regulação, deve ser apurado, diz nota oficial - Foto: Deivid Dutra / A Razão
Se procedimento não respeitou critérios dos serviços de regulação, deve ser apurado, diz nota oficial - Foto: Deivid Dutra / A Razão

A Prefeitura de Santa Maria lançou, na noite de quinta-feira (23), uma nota oficial, reforçando a posição da direção do Hospital Universitário de Santa Maria (Husm), em apurar suposto caso de favorecimento em cirurgia de apendicite, realizada pelo filho do vereador Admar Pozzobom (PSDB), Giovani Pozzobom, de 27 anos. “Se houve algum procedimento que não foi feito de maneira adequada, é preciso que haja apuração”, diz a nota, creditada à Superintendência de Atenção Especializada e Hospitalar da Secretaria de Município da Saúde.

Giovani Pozzobom teria sido submetido à cirurgia, seis horas após dar entrada no Pronto Socorro (PS) Husm, por indicação de urgência de um plano de saúde particular, onde havia consultado, anteriormente. Ocorre que o PS do Husm atende a pacientes no regime de “portas fechadas”, ou seja, somente por encaminhamento de urgência e emergência, realizado pelas unidades de pronto atendimento ou em caso gravíssimo, encaminhado, por exemplo, por ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e Corpo de Bombeiros.

Essa condição, também está reforçada na nota oficial da Prefeitura. “A preocupação da nova Administração Municipal é que todos os encaminhamentos feitos ao HUSM a partir das Unidades Básicas de Saúde, Pronto Atendimentos e UPA sejam feitos de forma eficiente e transparente, observando os critérios dos serviços de regulação dos protocolos do Sistema Único de Saúde (SUS)”, diz a nota.

A gerente de Atenção Básica do Husm, Soeli Guerra, cmentou a situação para A Razão. “A nossa estranheza é justamente essa: como ele teve acesso ao serviço púbico se veio do sistema privado? Mais de 60 pessoas estavam internadas na emergência naquele dia, muitas aguardando procedimento cirúrgico”, afirmou.

A investigação teve início há cerca de dez dias e desencadeou uma averiguação em diversos setores do HUSM, como porta de entrada, internação do pronto-socorro, centro-cirúrgico e registros da ouvidoria. “Se for constatado que algum servidor praticou alguma irregularidade, beneficiando a cirurgia do paciente no detrimento de outra pessoa que estava no pronto socorro, uma sindicância será aberta. A pena pode ir desde advertência até demissão”, reforçou Soeli.

“Não usei meu cargo nem o do meu irmão”

Admar Pozzobom garante que seu filho foi para o Husm devido a um encaminhamento do profissional que o atendeu no sistema privado. “O médico ligou para o Husm, com pedido de uma cirurgia de emergência. Não furamos a fila. Chegamos ao hospital por volta das 16h30 e a cirurgia ocorreu em torno das 21h”, destacou o parlamentar. Admar também afirma que não usou o seu cargo público e nem o do irmão, o prefeito Jorge Pozzobom, tio de Giovani, para tirar vantagem e sequer se identificou como vereador no HUSM. “Dentro do hospital, inclusive, a minha ex-esposa acompanhou o Giovani. Tudo foi feito dentro da legalidade”, assegura Admar.

NOTA OFICIAL

"A Prefeitura de Santa Maria, por meio da Superintendência de Atenção Especializada e Hospitalar da Secretaria de Saúde, reforça a posição da diretoria do HUSM e tem o maior interesse em esclarecer o caso. Se houve algum procedimento que não foi feito de maneira adequada, é preciso que haja apuração. A preocupação da nova Administração Municipal é que todos os encaminhamentos feitos ao HUSM a partir das Unidades Básicas de Saúde, Pronto Atendimentos e UPA sejam feitos de forma eficiente e transparente, observando os critérios dos serviços de regulação dos protocolos do Sistema Único de Saúde (SUS)."

Comentários

Participe enviando seu comentário sobre a notícia