Greve fechará restaurantes da UFSM a partir de segunda-feira

greve restaurantes santa maria

Paralisação dos servidores técnicos administrativos da Universidade Federal deixará de servir entre 7 e 8 mil refeições diárias

Os restaurantes universitários e outros serviços da Universidade Federal de Santa Maria não deverão funcionar a partir da próxima segunda-feira, dia 7, devido à greve dos servidores Técnico Administrativos em Educação (TAEs) da instituição. Em assembleia realizada na tarde de ontem, a categoria discutiu ações e atividades a serem desenvolvidas nos próximos dias.

Na plenária dessa quinta-feira, os servidores debateram a criação do fundo de greve para autofinanciamento do movimento. Também foi definida a instalação do Comando Local de greve na UFSM a partir da próxima segunda-feira, no campus. Segundo informações da Associação dos Servidores da Universidade Federal de Santa Maria (Assufsm), entre as causas que levaram à greve estão medidas como a PEC 55 (aprovada na Câmara dos Deputados como PEC 241), o PLC 54/16, as reformas trabalhistas, da previdência, do Ensino Médio, e também a decisão do STF que validou o corte do ponto de servidores grevistas.

Segundo uma das lideranças do movimento, Maurício Severo, ainda não foi feito um levantamento dos setores já afetados pela greve. “A partir de segunda-feira, com a instalação do lonão, onde ficará o Comando de Greve, teremos condições de fazer um levantamento das adesões”, explica. Ele destaca que a categoria vai cumprir a exigência de manter um efetivo de 30% em serviços considerados essenciais, como o Hospital Universitário (HUSM), por exemplo.

A situação dos professores

Em assembleia realizada na tarde de ontem, os professores da Universidade Federal de Santa Maria aprovaram o indicativo de greve por tempo determinado, entre os dias 25 de novembro e 13 de dezembro, período em que a PEC 55 (aprovada como 241) estará em votação no Senado.

Essa proposta será apresentada neste final de semana durante reunião da Associação Nacional dos Docentes em Ensino Superior (Andes), em Brasília/DF. Na terça-feira, dia 8, ocorrerá uma nova assembleia em Santa Maria, a partir das 9h, para deliberar sobre os encaminhamentos adotados em âmbito nacional.

Segundo a assessoria da Seção Sindical dos Docentes da UFSM (Sedufsm), foi definida a adesão da categoria às mobilizações marcadas para os dias 11 e 25 de novembro, quando os professores irão paralisar as atividades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *